Caso Daniela Cicarelli

Copiado do blog do João Ximenes Braga.

“Quebra-barraco

Por que não ouvi ninguém falar até agora se o empresário paulista Tato Malzoni vai perder negócios por ter sido flagrado fazendo séquiço (ou algo próximo disso) com uma modelo e apresentadora da MTV numa praia? Pelo mesmo motivo que ninguém achou que o vídeo de Colin Farrell fazendo séquiço explícito com uma moça ia prejudicar a carreira dele.

Nunca tive qualquer simpatia por Cicarelli e pelo universo “Caras” em que ela vive, e, sinceramente, não estou nem um pouco preocupado se a conta bancária dela vai sofrer ou não com esse escândalo estúpido.

O que me deixa triste é ver que esse episódio de puro e simples voyeurismo (atire a primeira pedra quem não correu para os sites onde o vídeo estava disponível) tenha se transformado num fuzuê que só demonstra como esse mundo é tolo e machista.

A esta altura, aposto que o tal do Malzoni (de quem nunca tinha ouvido falar até agora) está recebendo tapinhas nas costas, e a moça está trancada com agentes e advogados discutindo se isso vai prejudicar a carreira dela (carreira essa de que eu também nunca tinha ouvido falar até há pouco).

Se eu fosse diretor de marketing de alguma das empresas que contrata a Cicarelli para fazer anúncios, eu já teria enviado um comunicado à imprensa: “Daniela Cicarelli continuará representando nossos produtos, porque não acreditamos que nossas consumidoras sejam assexuadas. E porque ela provou ser uma mulher normal que não fez nada além do que qualquer um de vocês gostaria de estar fazendo agora, em vez de ficar lendo e escrevendo bobagens sobre uma modelo de boca desproporcional ao nariz”.

Ih, fui.”
http://oglobo.globo.com/blogs/ximenes/

Sempre adorei as opiniões dele. E cada vez admiro mais. Só tenho uma coisa a acrescentar: a resposta padrão que tenho ouvido quando alguem comenta é “vai dizer que vc nunca fez isto? se não fez ta morrendo de inveja então”. É bom ver que ainda existe vida inteligente na Terra… não muita, mas há.

3 thoughts on “Caso Daniela Cicarelli

  1. Olha, eu só acho que ela se posicionou muito mal depois. Quem faz, tem que encarar. Dizer “fiz sim, e daí”. Ficar posando de vítima é muito ruim. Dizer que vai processar todo mundo e que teve a privacidade invadida, oh, coitadinha, e tal… Peraí, ela deu umazinha na praia sim. Quem faz isso em lugar público corre o risco de ser visto, fotografado, filmado. Acontece. Agora encara.

  2. Sim, o mundo trata homens e mulheres de forma diferente. Às vezes é ruim para um lado, às vezes é ruim para o outro. Deal with it 😉

    Se nesse ponto específico as mulheres querem tratamento igualitário, têm de reivindicar, discutir, brigar, e principalmente “votar com o bolso” para chegar lá.

    E como o post acima foi feliz em apontar, a Cicarelli preferiu se fazer de vítima, logo aceitou como correta a reprimenda social ao invés de colocar a mão o bolso (isto é, aceitar o risco de perder alguma renda) e bancar uma posição disruptiva.

  3. Concordo com os dois. Como aquela menina da GV, li em algum lugar que ela tinha criado um site até.

    Mas este é um ponto. O fato das empresas estarem cortando contratos é outro. Eu pessoalmente planejo cancelar o plano com a TIM se eles fizerem isto. Não que isto vá me causar muita dor 😀 mas vai ser meu protesto.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s