A volta ao mundo em oito dias

Neste momento, cercada de simbolos debiânicos por todos os lados, quase termino de configurar “meu” novo note com o Slackware. Digo “meu” pq é da empresa, mas posso brincar com ele. Então usei o Ubuntu para reparticionar e abrir espaco. Até pensei em testa-lo mais um pouco, mas se ele falha de cara na configuracão do X e vai me fazer editar o xorg.conf, eu vou instalar Slackware, ué.

Estou cercada de simbolos debiânicos porque estou hospedada na casa da Amaya – co-fundadora do Debian Women junto com a Erinn – enquanto espero a conexão, 24hs depois da minha chegada, a Bangalore. Toda a responsabilidade e correria me renderam alguma distensão muscular nas costas, que a acupuntura emergencial ajudou mas não resolveu. Então minha linda e amada nova vizinha Marina(mulher do Punk) me socorreu com Tandrilax, que vai me impedir de beber FisherKing mas vai me permitir encarar mais um delicado vôo de mais de 9hs em classe econômica. E o povo acha que vida de palestrante é mole…

Bom, note instalado, um Latitude D620 Powered by Slackware, pronto para apresentacão. Só falta tratar da maldicão do C acentuado, mas já recebi informacões de como arrumar.

E amanhã, rumo a India. Que saudades! Pena que desta vez vai ser exclusivamente o tempo do evento, mas vai ser muito bom. Saudades da comida, embora eu não consiga comer quase nada. Ah, mas isto pode ser resolvido com um Death by Chocolate. Masala tea, hmmm… E me parece que vou dividir quarto com Suparna Bhattacharya, desenvolvedora do kernel, que vai apresentar duas palestras, uma delas sobre ext4. Dá até gosto olhar a programacão e escolher o que assistir, vai rolar até um conclave.

Depois, direto para as Xornadas Galegas. Acho melhor eu ir dormir mais um pouquinho enquanto posso…

One thought on “A volta ao mundo em oito dias

  1. Nossa, quando li a palavra debianico no seu post pela primeira vez tinha entendido outra coisa, rs.
    Mas que legal essa viajem viu, encontrar as mulheres do Debian e a Suparna, que se me recordo bem era aquela menina da foto dos desenvolvedores do kernel né… E ainda assistir palestra de ext4 (!), isso da até gosto de ser “linuxchix” 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s