Upgrade para WordPress 2.6

Da série “Só Jesus salva, o resto tem que fazer backup”:

Um dos problemas da impulsividade é a crença de que “não vai acontecer comigo”. Então por mais que digam que sempre é bom ler os changelogs antes de migrar mais de duas versões, esta destemida autora que vos escreve decidiu migrar do WordPress neo paleolítico 2.0 para o 2.6 sem muita enrolação. Pelo menos fiz backup….

Na versão 2.3, o WordPress inseriu o suporte a tags, o que eu achava que era o mesmo que categorias. Ainda não tive tempo de ver no que elas são diferentes, porque e qual melhor pra mim, só sei que no upgrade, o WordPress migrou minhas categorias, só que sumiu com os nomes e as descrições delas. Pelo menos manteve os relacionamentos entre os posts e as categorias…

Busca daqui, busca dali, e a solução “mais amigável” que eu encontrei foi editar as tabelas no PhpMyAdmin. Como não uso o PhpMyAdmin, o jeito foi relembrar como se fala com o Mysql e corrigir na unha mesmo. Pelo menos eu havia feito backup antes, então podia consultar que categoria era qual.

Passo a passo:

1)Faça backup – mysqldump -p nome_blog_db > wp_backup.my

2)Atualize – Leia as instruções, rápidas (para usuários mais experientes ou que gostam de viver a vida perigosamente) ou detalhadas

3)Recupere as tabelas: antes do 2.3, a tabela que cuidava das categorias era wp_categor*. Agora é wp_term*: wp_terms, wp_term_taxonomy e wp_term_relationships – leia aqui para mais detalhes. Então, comparando as entradas do backup – tabela wp_categories:
+--------+-------------------+-------------------+----------------------+-----------------+----------------+
| cat_ID | cat_name | category_nicename | category_description | category_parent | category_count |

+--------+-------------------+-------------------+----------------------+-----------------+----------------+
| 1 | Momentos Musicais | mms | | 0 | 47 |

com a nova tabela wp_terms
+---------+-------------------+----------------+------------+
| term_id | name | slug | term_group |
+---------+-------------------+----------------+------------+
| 1 | | | 1 |

corrigimos a entrada:


mysql -u user -p
mysql> use nome_meu_blog
mysql> update wp_terms set name='Momentos musicais',slug='mms' where term_id=1;

4) Vá a página de gerenciar categorias – seublog.com/wp-admin/categories.php e se quiser atualize também a descrição.

4) Recupere seu usuário no site do WordPress e preencha um bug report )

Claro que vale lembrar que se você não entende de SQL, e não entendeu como eu consegui o prompt do Mysql, melhor optar pelo PhpMyAdmin, ou se decidir que é até divertido fazer umas destas de vez em quando e ler o manual de referência do Mysql.

Apesar disto tudo, devo dizer que o 2.6 está excelente, com muito mais recursos e melhor organizado: opção para fazer backup – no servidor, no seu computador ou enviar por mail; busca e instalação de pluguins melhorada; opções novas para publicar mídia; importar/exportar, e mais, e isto que não faz um dia que estou mexendo. Uma aplicação totalmente “web 2.0”…

Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s